Porta-bandeira da Portela doa 100 máscaras de tecido a integrantes da escola

 Diretor de bateria Cacau fez a entrega das máscaras doadas por Lucinha Nobre à comunidade


A porta-bandeira da Portela, Lucinha Nobre, fez uma doação de 100 máscaras de tecido a integrantes da escola. Entre os contemplados, estão membros da Galeria da Velha Guarda, baianas, bateria e Velha Guarda Show. As máscaras foram confeccionadas pela cerimonialista Lucia Pinto, ex-integrante do Departamento Cultural da agremiação e filha do saudoso compositor Colombo. A entrega aos componentes foi feita pelo diretor de bateria Cacau, do time de mestre Nilo Sérgio.

"Tenho pensado muito na nossa escola e nos nossos amigos. Resolvi fazer essa ação para que sirva de inspiração para quem puder ajudar com qualquer coisa e também para ajudar a quem precisa sair e está em dificuldade de comprar máscara. Essas são ótimas! Se não fosse pela boa vontade da Lucia Pinto, eu não conseguiria", conta Lucinha, que também enviou bilhetes com mensagens de otimismo no presente.

Renovada para 2021, a experiente porta-bandeira também tem se engajado em campanhas de cestas básicas promovidas por escolas de samba, diante da pandemia do coronavírus. "Fiz uma doação para a nossa campanha Águia Solidária, que a Portela está promovendo, e outra para a do Leandro Vieira e da Evelyn (Bastos), da Mangueira. Não é muito, mas se cada um puder doar um pouquinho, a gente divide melhor essa demanda", analisa.

A maior campeã do carnaval carioca segue arrecadando doações para comprar cestas para moradores de Oswaldo Cruz, Madureira e região. As contribuições podem ser feitas através de transferência bancária e pelo aplicativo PicPay, via cartão de crédito. Cada cesta básica custa R$ 65, no entanto, qualquer valor será muito bem-vindo.

Campanha Águia Solidária

Dados para transferência bancária
Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela
Banco Bradesco
Agência 3469
Conta Corrente 02683-80
CNPJ: 42.255.075/0001-63

Link para doações pelo PicPay
http://bit.ly/portelapicpay

A diretoria da Portela também está confeccionando máscaras de tecido em seu barracão, na Cidade do Samba. Inicialmente, a escola prepara três mil unidades para sua comunidade, no entanto, a produção deverá aumentar nas próximas semanas. A ação integra uma força-tarefa comandada pela Liesa para auxiliar a população do Rio diante da pandemia.

Fotos: Divulgação



Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.