Glayce Borges assume ala de baianas do Acadêmicos do Engenho da Rainha

Chegando para assumir o comando da ala de baianas do Acadêmicos do Engenho da Rainha, Glayce Borges, veterana e apreciadora do Carnaval e do samba, ela sempre teve bons olhos para a arte. 

Espelhada na mãe, que foi passista da Mocidade Independente de Padre Miguel e hoje integra a ala de baianas daquela agremiação, desenvolveu um carinho especial por este segmento.

Há 5 anos desfilando como baiana da Mocidade, 4 na Unidos de Padre Miguel e 2 na Unidos de Bangu, continua firme e forte dando giros e mais giros, inclusive fora do território carioca, recebendo vários convites de diversas agremiações.

O encantamento pela ala de baianas cresce quando se fala em história, cultura e tradição, o que faz o segmento ter um tempero ainda mais especial, sendo um dos mais respeitados do Carnaval, disse ela.

"...para mim é uma felicidade enorme fazer parte desta ala. Estou muito feliz pelo convite do presidente Paulo Henrique para assumir a ala de baianas do Acadêmicos do Engenho da Rainha, com certeza farei o meu melhor, e vamos com tudo para o Carnaval de 2020."

O Acadêmicos do Engenho da Rainha será a 9a escola a desfilar pela Liga L.I.V.R.E.S, na Intendente Magalhães pela Série B, com o enredo: "De Roliúde ao Sertão - Luz, Câmera, Ação!", do carnavalesco Leo Jesus.

Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.