Casa Amarela leva arte e cultura para Caçapava

Bloco da Lama
Espaço será aberto ao público na sexta-feira, 9, com exposições fotográficas, cancioneiro popular e maracatu

Muita arte, cultura e música compõem a segunda edição da Galeria Flamboyant da Estação Casa Amarela - ECA - em Caçapava, São Paulo. O lançamento será no dia 9 de novembro. Uma característica que começou na inauguração do espaço, em 2017, e que se mantém, é a possibilidade de mostrar diversas vertentes artísticas dos interiores do Brasil, convivendo harmoniosamente nas seis salas abertas para as exposições. Durante o evento, haverá o lançamento do livro ‘O Dia que Tirei Minhas Memórias da Gaveta’, de Afonso José Santana.

Enquanto os visitantes percorrem a Estação Casa Amarela, ECA, durante a reinauguração, poderão ouvir músicas do cancioneiro popular ‘Samba do Seu Antônio’, com roda aberta aos amigos da ECA, além da apresentação do Maracatu Clareia Mata. Três exposições serão lançadas na reabertura, ‘Café Folclore Caipira’, do Museu do Café de Santos, além de duas com os fotógrafos cariocas Carlos Freixo (Nuances) e Cacau Fernandes (Ancestralidades Contemporâneas).

‘Café Folclore Caipira’apresenta as tradições e superstições à base de café que revelam o cotidiano do caipira, um dos personagens mais importantes para a história do café em São Paulo. ‘Nuances’,revela lados diferentes de paisagens famosas e desconhecidas, retratando desde o Cristo Redentor a uma pequena vila de pescadores. Já ‘Ancestralidades Contemporâneas’levará Os “Cão” de Jacobina, Lambe Sujo e Caboclinhos, O Nêgo Fugido e Bloco da Lama, quatro manifestações culturais que acontecem nos interiores do Brasil, algumas centenárias compõem a primeira exposição individual da fotografa e fotojornalista carioca Cacau Fernandes
                                                                                         Lambe Sujo e Caboclinhos


Sobre a Estação Casa Amarela

Nascida em 2016, em Caçapava, interior de São Paulo, a Estação Casa Amarela é um espaço cultural voltado a arte, educação, formação, entretenimento e incentivo ao mercado cultural na região do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira em São Paulo e, em Petrópolis (RJ) - cidade natal da produtora cultural Elda Varanda Dunley, idealizadora do espaço.

A Estação Casa Amarela é um local ímpar, que atrai pessoas de todas as partes do Brasil, e que levou mais de 30 anos para ser finalizada. Construída por Elda, o espaço recebe exposições que apresentem as vicissitudes e nuances do Brasil que os próprios brasileiros desconhecem.

GALERIA FLAMBOYANT

A Galeria Flamboyant, parte da Estação Casa Amarela, é um espaço expositivo que abrange nove salas e realiza exposições de artistas e instituições de diversos locais do país. As exposições abordam temas ligados a contemporaneidade e releituras dos artistas dos significados e simbologias das matrizes culturais brasileiras.

Serviço
A Estação Casa Amarela lança sua segunda edição no dia 9 de novembro, a partir das 19h30, a entrada solidária custa R$ 5, crianças abaixo de 7 anos e idosos acima de 60 anos não pagam. É necessário realizar agendamento para grupos de até 20 pessoas pelo telefone: (012) 36526103 ou pelo WhatsApp: (012) 991162784. Horários: Terça e sexta: das 10h às 11h30 e das 18h às 19h30. Quarta e quinta: das 14h às 15h30 e das 16h às 17h30m. Sábado e domingos: das 10h30 às 12h. A Estação Casa Amarela está localizada na Rua José Ludgéro Siqueira 30, Vila São João, Caçapava, São Paulo.


Fotos: Carlos Freixo 





Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.