Programa Você Bonita da TV Gazeta convida especialistas para abordar o tema da Crise Existencial

No programa do dia 21 de Agosto, a TV Gazeta abordou no programa Você Bonita o tema da depressão e da crise existencial, com a presença das especialistas Vanessa Jurado, psicóloga, e a life coach, palestrante e empresária Renata Spallicci.

No programa, Renata compartilhou as experiências de sua vida e de como superou uma crise existencial anos atrás após o fim de seu casamento, e como isso a motivou a seguir em frente, superar seus próprios desafios e hoje tornar-se uma escritora, palestrante e embaixadora do WBFF (World Beauty Fitness Fashion) no Brasil: “em algum momento me senti perdida, por ter me afastado de tudo que me fazia feliz, de me anular. Cheguei na frente do psicólogo chorando e me questionando quem eu era após o término do meu casamento”.

Segundo a psicóloga Vanessa Jurado a crise existencial não depende exatamente de que as coisas estejam indo mal na vida da pessoa, e sim de um questionamento interior: “é uma tristeza, que a pessoa vai se afundando nela, mesmo que a princípio não haja causa e respostas para isso. Começa com uma indecisão e depois pode evoluir”.

Para as especialistas, é preciso se reencontrar, em vez de tentar se adequar a padrões pré estabelecidos: “na ânsia de atender a padrões, e de atender aos anseios dos outros, a pessoa pode acabar se anulando e assim perdendo sua própria identidade, entrando em crise existencial. É preciso se descobrir, buscar o auto-conhecimento, e buscar ajuda antes que a tristeza evolua para uma crise, que é muito séria”.


“A crise existencial que eu sofri me fez ser quem eu sou hoje. Eu consegui reverter a situação porque mergulhei no auto-conhecimento, procurei tratamento, ajuda profissional. Hoje sinto-me confortável na minha própria pele, e ajudo pessoas nessa mesma situação, tanto como coach como atleta e palestrante.” Conclui Renata.

Créditos - Foto: Thaiz Cardodo / MF Press Global

Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.