quarta-feira, 27 de julho de 2016


Nesta sexta-feira 29 de julho, a Vizinha Faladeira fará a semifinal em busca do hino oficial de 2017.A partir das 21 horas haverá pagode com o Grupo BATUQUE DA VIZINHA , apresentação dos segmentos da escola e os sambas concorrentes. A convidada especial será o Gres Unidos de Bangu. A Vizinha já tem a data da grande final para a escolha do samba oficial do Carnaval 2017. A mesma está prevista para dia 6 de agosto.

Enredo 2017: “ A Última do Português a Que Nem Camões Contaria”
Carnavalesco: Jean Rodrigues

Seguem as parcerias semifinalistas. :

SAMBA 2 - Orlando Professor, Rodolfo Caruso, Jorge Remédio, Luiz Fernando, João Monteiro, Joel Kabineiro,
Intérprete: Wander Timbalada
Participação Especial: Miguelzinho Beserra

SAMBA 4 - Junior Nascimento, Betinho do Cavaco, Leandro RC, J.doTaxi, Gui Cruz, Flavinho
Intérprete: Anderson Paz

SAMBA 7 - Almir Ha Ha, Claudinho Dvd, Herve Machado, Marcelo Vieira, Nininho do Cavaco e Valéria Amorim
Participação Especial: Kadu Rangel

SAMBA 10 - Bola, Jeferson Alves, Ribeiro Sorriso, Ganso, Roberto Dias, Julio Negão
Participação Especial: Paulo Velho

SERVIÇO
DISPUTA DE SAMBA ENREDO - SEMIFINAL

ESCOLA CONVIDADA - GRES UNIDOS DE BANGU
DATA - 29 DE JULHO
HORÁRIO 21 HORAS
ENTRADA após às 22h - R$ 2,00 (dois reais)

LOCAL: Rua da Gamboa 345 - ao lado da Cidade do Samba, em frente ao barracão da Grande Rio

Acesso pela Via Binário direção Praça Mauá

VLT partindo da Rodoviária Novo Rio ou da Praça Mauá até às 20h - saltar na estação CIDADE DO SAMBA

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Nesta  sexta-feira 22 de julho,  a Vizinha Faladeira fará mais uma eliminatória. Na última sexta não houve nenhum samba eliminado.

A partir das 20 horas haverá  pagode, apresentação dos segmentos da escola e os sambas concorrentes. A convidada especial será o Gres Acadêmicos do Engenho da Rainha.
A Vizinha já tem a data da grande final, para a escolha do samba oficial do Carnaval 2017, que está prevista para dia 6 de agosto.
Enredo 2017: “ A Última do Português a Que Nem Camões Contaria”
Carnavalesco: Jean Rodrigues

Seguem as parcerias:

SAMBA 1 - Leandro Santos, Victor Alves, Diego Magrão, Guilherme Al Qaeda, Salviano, Thiago Batube, Diego tavares
Intérpretes: Igor Sorriso e Leandro Santos

SAMBA 2 - Orlando Professor, Rodolfo Caruso, Jorge Remédio, Luiz Fernando, João Monteiro, Joel Kabineiro,
Intérprete: Wander Timbalada
Participação Especial: Miguelzinho Beserra

SAMBA 4 - Junior Nascimento, Betinho do Cavaco, Leandro RC, J.doTaxi, Gui Cruz, Flavinho
Intérprete: Anderson Paz


SAMBA 7 - Almir Ha Ha, Claudinho Dvd, Herve Machado, Marcelo Vieira, Nininho do Cavaco e Valéria Amorim
Participação Especial: Kadu Rangel
Intérprete: Emerson Dias

SAMBA 10 - Bola, Jeferson Alves, Ribeiro Sorriso, Ganso, Roberto Dias, Julio Negão
Participação Especial: Paulo Velho

SAMBA 13 - Serginho Aguiar / Jailton Bela-Vista / Jonathan Maciel / Carlinhos Ousadia / Marquinhos Rosali / Carvalho.
Intérprete: Leozinho Nunes e Felipe Lima

SERVIÇO

DISPUTA DE SAMBA ENREDO
ESCOLA CONVIDADA - GRES ACADÊMICOS DO ENGENHO DA RAINHA
DATA - 22 DE JULHO
HORÁRIO 20 HORAS
ENTRADA após às 22h - R$ 2,00 (dois reais)

LOCAL: Rua da Gamboa 345 - ao lado da Cidade do Samba, em frente ao barracão da Grande Rio
Acesso pela Via Binário direção Praça Mauá
VLT partindo da Rodoviária Novo Rio ou da Praça Mauá até às 20h - saltar na estação CIDADE DO SAMBA

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Foto: Divulgação
O intérprete Leandro Santos foi apresentado oficialmente à comunidade do Largo da Batalha  na tarde deste domingo, 17 de julho. Em 2017 ele será a voz da escola na homenagem a atriz Zezé Mota.

- A comunidade me abraçou e eu fiquei muito encantado com as baianas, velha guarda, passistas com toda escola e o calor humano da Sossego, declarou Leandrinho, como é carinhosamente conhecido no mundo do samba.

Durante o evento a Azul e Branco conheceu as oito obras que concorrem a vaga de samba-enredo que embalará o desfile da agremiação no próximo carnaval. Todas as parcerias se apresentaram, porém não houve cortes. Na próxima sexta-feira, 22 de julho, os sambas voltam a se apresentar e já haverá corte da disputa.

Os sambas inscritos são:

Parceria de PIXULÉ, JAMES BERNARDES, NIKINHA, VINICIUS GOL DE OURO, CARLOS EDUARDO, THIAGO, JONATHAN MACIEL, PABLO RODRIGUEZ

Parceria de WILSINHO DO SOSSEGO, DANGO E WILLYAN PEREIRA

Parceria de FELIPE FILÓSOFO, ADEMIR RIBEIRO, SÉRGIO JOCA, FÁBIO BRGES, JOÃO PERIGO, PAULINHO JU E MARCELO BERTOLO

Parceria de IGOR LEAL, FADICO, PABLO LOPES, WILLIAM NEVES, MARCOS PAULO, DUDA, JJ SANTOS, NEYZINHO DO CAVACO, TADEUZINHO, GIRÃO, BUDA E GABRIEL MARTINS

Parceria da SÉRGIO FOCA E LUIS FOCA

Parceria de RAPHAEL RICHAID, JULIO LOUZADA, LEANDRO MAGALD, FABINHO DO CAVACO, MAURICINHO DEVAGAR E PAULO FRANCO

Parceria de BETO BASTOS PROFESSOR E CARLINHOS DA PADARIA

Parceria de CELSO TROPICAL, MÁRIO DA VILA PROGRESSO, GINHA, BIRA DO CANTO, IVAN DAWANDA, RENATO PACOTE, MÁRCIO PANTERA, WALDECK FAGUNDES E LUIZ TIKERO

Em 2017, o Acadêmicos do Sossego abrirá o carnaval com o enredo "Zezé Mota - A Deusa de Ébano", desenvolvido pelo carnavalesco Márcio Puluker.
Alexandre Dias, tem em seu portfólio, trabalhos em escolas como Mocidade Independente de Padre Miguel, Portela e Mangueira. Atualmente a frente da Harmonia da Acadêmicos do Engenho da Rainha, fala sobre seu trabalho e expectativas para o carnaval de 2017, e o objetivo de chegar a Sapucaí em 2018.

Alexandre, fale em quais escolas você já trabalhou no segmento Harmonia.

Alexandre Dias: - Comecei no Carnaval em 2008 na escola Sereno de Campo Grande como Presidente de Ala. Tive passagem pelas seguintes escolas Sereno de Campo Grande, Renascer de Jacarepaguá, Acadêmicos da Rocinha, Diretor Geral de Harmonia da União do Parque Curicica, Mocidade Independente de Padre Miguel, Portela, Mangueira, e atualmente, Diretor Geral de Harmonia da Acadêmicos do Engenho da Rainha e na comissão de Carnaval e Harmonia da Renascer de Jacarepaguá

Quais são as suas expectativas para o carnaval do Engenho da Rainha em 2017?

A.D.: - Espero as melhores expectativas possíveis quanto ao trabalho proposto e chegarmos na Intendente bem trabalhados na.parte de evolução. Harmonia do Engenho da Rainha, onde vou desenvolver com total autonomia meus métodos de trabalho e passar os conhecimentos aos meus comandados.

O que já vem sendo desenvolvido para o segmento chegar a esse objetivo?

A.D.: - . Procuramos sempre desenvolver ao máximo a potencialidade de cada Harmonia do Engenho da Rainha. O Carnaval é muito competitivo em todos os sentidos. Se não nos planejarmos, com certeza ficaremos vendo o bonde passar e isso não é bom para quem almeja estar na série A em 2018. Planejamento e conhecimento andam juntos.

O que a família vermelho e branco, pode esperar na Intendente em 2017?

A.D: - Chegarmos à excelência no dia do desfile para ajudarmos à escola na questão de alcançarmos nosso objetivo maior que é chegarmos a série A.
Nesta quarta feira (20/07) será realizada a reunião da ala de compositores e também o tira duvida com os carnavalescos a partir de 20 horas em sua quadra de ensaios

-“Essa parte é muito importe, pois os compositores já têm uma ideia da letra do samba, mas sempre surge uma duvida com relação ao que pode colocar ou não, então essa reunião é mais uma oportunidade para que as suas obras estejam completas” disse o Carnavalesco Leandro Mourão.

O Presidente da ala dos compositores Edson Ribeiro, comunica que a ala está recebendo novos compositores e os mesmos podem retirar a Sinopse através do site www.curicica.com.br,onde contem um vídeo com os carnavalescos Leandro Mourão e Vitor Mourão fazendo uma pequena explanação do enredo.

A data de entrega dos sambas está marcada para o dia 02/08 e a apresentação será dia 04/08

Lembrando que o endereço da quadra é Rua Arauá,385, Curicica.

O G.R.E.S. União do Parque Curicica, filiado a LIERJ, será a quinta escola a desfilar na Sexta Feira de Carnaval, dia 24/02/2017 com o enredo ”O Importante é ser feliz e mais nada!”

domingo, 17 de julho de 2016

A sambista e empresária do mundo do samba, Patricia Chelida está com os trabalhos a pleno vapor para o próximo Carnaval. Após encantar a Sapucaí este ano, ao defender como rainha de bateria o pavilhão da tradicional agremiação de Madureira, virá a frente da Sinfônica do Samba na função de madrinha de bateria. O comunicado da mudança foi feito no último sábado (16), durante a feijoada da Império.

O sucesso de Patricia é absoluto junto aos imperianos. Ao chegar no evento, foi difícil a locomoção de um ponto a outro da quadra, sem que precisasse parar para cumprimentar e fotografar com o público que era só carinhos com a madrinha. Uma prova do sucesso do seu reinado este ano, foram os prêmios de melhor rainha de bateria recebidos, sendo o último recebido esta semana, no dia 14, o Troféu Gato de Prata.

- Isso que se vê na quadra é resultado de um trabalho feito com amor, com dignidade, com sinceridade. Eu sou sambista desde que me entendo por gente, minha vida e carreira no samba não é de hoje, tem estrada. E as pessoas se identificam comigo, porque sou "povo do samba". Amo o que faço e a minha escola!

A caminho da Europa em agosto

Quem vive do samba, não para nunca! Ainda mais, quem tem no currículo a Corte do Carnaval carioca, Patricia já foi princesa e rainha do Carnaval no Rio. A repercussão disto é uma carreira internacional onde atua na produção e assessoria de shows e desfiles de Carnaval na Europa.

Em agosto próximo, Chélida passará um mês na Alemanha fazendo apresentações como primeira musa da Tijuca e assessorando os festivais de Carnaval do verão europeu; e claro, irá atender aos pedidos de artigos para confecção de fantasias e sapatos comercializados em sua loja e produzidos em seu ateliê.

- Poder levar a cultura do meu país, mostrar o lado divertido e bonito que temos, em tempos onde as notícias negativas sobre a violência, principalmente no Rio, circulam o mundo, me faz sentir mais cidadã. Nosso povo e país é maior do que essas atrocidades. Temos que nos esforçar fazendo o bem espalhando boas atitudes sempre! - declara a sambista e empresária.

Foto: Cristiane Moraes


A partir do dia 20 de julho, todas as noites de quarta-feira serão de festa na quadra da Unidos da Tijuca. Carnaland – Um mergulho no fascinante mundo do samba é um show que retrata a maior expressão da cultura brasileira.

O espetáculo promete encantar pelo tamanho de sua estrutura e conta com as fantasias e coreografias de um universo cheio de surpresas. Foi preparado pelos maiores especialistas em carnaval e será executado pelos melhores bailarinos do Rio de Janeiro.

O show ainda terá um cenário totalmente projetado de acordo com cada ato e o repertório inclui grandes sucessos, clássicos da música brasileira, com uma releitura exclusiva, que contempla artistas como Tom Jobim, Gal Costa, Maria Rita e Wilson Simonal, entre outros. Tudo isso, acompanhado por uma banda, que se apresentará ao vivo, juntamente com a Bateria nota 10 da Unidos da Tijuca, a Pura Cadência.

O suingue brasileiro e a ginga carioca estarão presentes do início ao fim desta viagem, que promete contagiar todo o público e mostrar para os turistas, estrangeiros e brasileiros, um pouco do maior espetáculo a céu aberto do planeta.

O show é uma realização do G.R.E.S. Unidos da Tijuca, agremiação fundada em 1931 e atual vice-campeã do carnaval carioca. A escola é reconhecida pela sua criatividade e inovação na apresentação dos desfiles. É também a líder no ranking da Liga Independente das Escolas de Samba (LIESA), que avalia as escolas com melhores resultados nos últimos cinco anos.

Serviço:

Carnaland Show – Um mergulho no fascinante mundo do samba

Data: Toda quarta-feira, a partir do dia 20 de julho de 2016.

Horário: 20h

Local: Quadra da Unidos da Tijuca – Leopoldina- Rio de Janeiro.

Endereço: Avenida Francisco Bicalho, 47 - Leopoldina.

Ingresso All Inclusive*: R$ 250

Mais informações: 21-2263-9679/2516-2749/97953-7120

marketing@unidosdatijuca.com.br

eventos@unidosdatijuca.com.br

O evento é para toda família.

Classificação: Livre

*No ingresso All Inclusive estão incluídos refrigerantes, cerveja, caipirinha, água, e comida de boteco.
Uma das escolas de samba mais tradicionais do carnaval carioca – o Império Serrano
(nove vezes campeã do grupo especial) terá um grupo de autores que juntos, estarão
formando uma parceria pra lá de enriquecedora para o samba, o carnaval e a música popular
brasileira. 
Quatro gerações de artistas estão em comunhão na composição do samba enredo
do Império Serrano, para o carnaval de 2017. Aluísio Machado – autor do clássico “Bum Bum Paticumbum Prugurundum” – em parceria com Beto Sem Braço – que deu o último título à agremiação da Serrinha, no chamado grupo especial – 1982, é um dos nomes que enriquece este trabalho que terá também – Alindo Cruz, Pretinho da Serrinha, Carlinho da Paz, Lula (grande ganhador de sambas enredo), Arlindo Neto, Leozinho (filho de Lula) e Quininho. Esse grupo, possivelmente, poderá ter a participação de Wilson das Neves, o que promete ser um grande evento do samba.

Parceria inédita e histórica, esta junção de talentos poderá desenvolver não apenas
um samba enredo, mas um clássico daqueles que não se ouve há muito tempo, e que fica pra
sempre gravado no inconsciente das pessoas, por gerações. E o Império Serrano é bamba em
criar sambas antológicos.

Para 2017, o Império Serrano (quarta escola a desfilar, no dia 25 de fevereiro), do
carnaval da série A - falará sobre Manoel de Barros – com o enredo: “Meu quintal é maior do que o mundo”, desenvolvido pelo carnavalesco Marcus Ferreira. A entrega dos sambas se dará no dia 20 de julho e a final já está marcada para o dia 12 de setembro.

Desta parceria, tanto Aluísio Machado quanto Arlindo Cruz, já ganharam sambas no
Império Serrano, 12 vezes – o que faz a expectativa em torno desta junção, crescer ainda mais.

Outra questão interessante é que Aluísio Machado, Arlindo Cruz e Lula foram os autores do
samba “Verás que um filho teu não foge à luta”, enredo em homenagem a Betinho, no
carnaval de 1996, dando um sexto lugar a essa agremiação. 

imagens:
Mingos Lobo
Alexander Soares
Texto: 
Mingos Lobo
Clilton Paz

quarta-feira, 13 de julho de 2016

O G.R.E.S. União do Parque Curicica já tem casal de MS e PB para o próximo Carnaval. O cargo ficará na responsabilidade dos jovens talentosos Marcinho Siqueira e Shayene Santos. Eles já dançam juntos há alguns anos e no carnaval de 2016 foram os responsáveis em defender o pavilhão do G.R.E.S. União da Ilha do Governador.

“Foi com muita alegria que recebi o convite para dançar por essa agremiação, pois nunca perdi a fé que estaríamos defendendo um pavilhão no carnaval de 2017 e agradeço ao Presidente Erivelton pela oportunidade”. Disse Shayene.

“Um dos maiores prazeres que tenho na vida é dançar, e fiquei super feliz com o convite, tenham certeza que vamos trabalhar intensamente para buscar as notas máximas que tanto vão ajudar a escola”. Falou Marcinho.

Eles serão apresentados a nossa comunidade na feijoada, que será realizada no próximo domingo (17/07) em nossa quadra, onde também serão apresentados os nossos carnavalescos Leandro Mourão e Vitor Mourão, além do Diretor de Carnaval Wanderson Sodré.

O G.R.E.S. União do Parque Curicica, filiado a LIERJ, será a quinta escola a desfilar na Sexta Feira de Carnaval, dia 24/02/2017 com o enredo ”O Importante é ser feliz e mais nada!”

terça-feira, 12 de julho de 2016

 

Os músicos e integrantes do Núcleo de Resistência e Pesquisa Tudo Azul Paulistano serão as atrações da próxima edição do projeto 'Portela de Asas Abertas', que acontecerá no próximo sábado (16), a partir das 14h, na quadra da Portela. Na ocasião, o grupo, que foi convidado pelo departamento cultural da agremiação, vai promover uma grande roda de samba acústica em que homenageará três discos clássicos que exaltam a escola e compositores da Velha Guarda. São eles: "Tudo Azul" (2000), que deu origem ao nome do Núcleo; "Portela: Passado de Glória" (1970), produzido por Paulinho da Viola; e "Monarco - Terreiro" (1980).

"Todos estão muito eufóricos. Será nossa primeira vez na quadra da Portela. Então, não tem outro assunto entre nós nos últimos dias. Todos estão muito ansiosos para este evento", revela Rodrigo Almeida, um dos cavaquinistas da turma, que também adianta como será a roda de samba: "Depois de tocarmos o repertório destes três discos fundamentais, vamos resgatar obras de compositores como Candeia, Catoni, Chico Santana e outros."

Para Rogério Rodrigues, diretor cultural da Portela, a próxima edição do 'Asas Abertas' representa mais um capítulo importante na relação entre a Portela e o estado de São Paulo, que é antiga, como ele explica. "Sabemos que os integrantes do Tudo Azul estão muito ansiosos para se apresentar na Portela. Esperamos que todos os portelenses compareçam. Esse nosso intercâmbio é muito importante. E vale lembrar que essa relação da Portela com São Paulo é antiga. Natal da Portela nasceu em Queluz, no Vale do Paraíba. Paulo da Portela, Heitor dos Prazeres e Cartola iam com frequência à capital paulista participar de programas de rádio. Outro fato importante é que uma das mais antigas afilhadas da Portela, por exemplo, é a escola Nenê de Vila Matilde. Por isso, é natural que o primeiro Consulado da Portela tenha sido fundado em terras bandeirantes, que o primeiro projeto do Portela Cultural fora do Rio seja em São Paulo e que grupos como o Tudo Azul estejam presentes em Madureira. Outro exemplo dessa parceria foi a presença do Tuco Pellegrino, da nova geração do samba de São Paulo, abrindo o show 'A Noite Veste Azul' em homenagem aos 115 anos de Paulo da Portela".

Criado por apaixonados por samba de raiz, o Tudo Azul Paulistano tem como objetivo, principalmente, preservar a memória de compositores ligados às escolas de samba do Rio e de São Paulo, bem como cultivar o samba de terreiro de um modo geral. No sábado, a turma promete desembarcar em Madureira com uma caravana de mais de 50 pessoas.

Além de Rodrigo Almeida no cavaco, o grupo conta com Everton (cavaco), William (cavaco), Serginho Dusete (violão 7 cordas), Bide (repique de anel), Ronaldo (tamborim), Rafael (tamborim), André (tamborim), Léo José (percussão geral), Lao Gomes (surdo e agogô), Cabelo (surdo e agogô), Ademir (cuíca), Feio (pandeiro), Bellini (pandeiro), Maila (canto) e Carla (canto). Vale lembrar que a roda de samba será nos moldes tradicionais (sem microfones), com músicos e cantores no meio da quadra e cercados pelo público, como sempre acontece no 'Portela de Asas Abertas'. Livretos com as letras dos sambas do repertório serão distribuídos.

A entrada custa R$ 20 (inteira), e o almoço será macarrão com galinha, vendido a R$ 15, o prato. Sócios-torcedores dos planos Majestade do Samba e Águia Altaneira entram de graça. Sócios do plano Sou Portela pagam valor integral. A quadra da Portela fica na Rua Clara Nunes 81, em Madureira. A classificação é livre. Mais informações: (21) 3256-9411.

Serviço:
Portela de Asas Abertas - roda de samba acústica com o Tudo Azul Paulistano
Data: Sábado, dia 16 de julho
Horário: A partir das 14h
Local: Quadra da Portela
Endereço: Rua Clara Nunes 81, Madureira
Informações: 3256-9411
Classificação: Livre
Ingresso: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira) - à venda na bilheteria da quadra
Almoço: Macarrão com galinha (prato a R$ 15)
Combo com ingresso + almoço: R$ 15

Vendas online
http://www.ingressocerto.com/portela-de-asas-abertas-p109190
O Troféu Gato de Prata é uma realização do cantor, compositor e jornalista Tico do Gato, e tem como
objetivo homenagear aqueles que fazem a maior festa popular a céu aberto do mundo, o carnaval do
Rio de Janeiro.

Esse ano em especial estaremos homenageando os 100 anos do Samba.

A avaliação dos contemplados é feita por jornalistas, comentarista, radialistas e fotógrafos que fazem a
cobertura jornalística do carnaval do Rio de Janeiro, alguns sites especializados em carnaval, a equipe
da Rádio Manchete, o Jornalista Robson Aldir,o Jornalista Claudio Brito, a Jornalista e Comentarista de Carnaval Mariazinha,
o Jornalista e Compositor Waltinho Honorato, Lúcia Mello do Portal Tititi do Samba, Professor da UNISUAM
e Analista de Carnaval Paulo Mota, Laerte Lacerda, Diretor da Capemisa, o idealizador do Troféu, Tico do Gato.

O idealizador do Troféu Gato de Prata, Tico do Gato, convidou a dançarina do Caldeirão do Huck e rainha de bateria da Estácio, para ser a madrinha do Troféu que este ano está indo para sua sétima edição.
A festa da entrega do Troféu Gato de Prata será no dia 14 de julho de 2016, ás 20h no Clube Municipal na Rua Haddock Lobo, 359 Tijuca.

Os interessados em fazerem a cobertura enviar email para: gatodepratatrofeu@yahoo.com.br até o dia 12 de julho de 2016.

Veja a lista dos contemplados:

Grupo especial:
Melhor Escola: Portela
Melhor Enredo: Mangueira
Melhor Samba Enredo: Imperatriz Leopoldinense
Comissão de Frente: Salgueiro
Originalidade: Escultura "Gigante guliver" Portela
Passistas masculino - Salgueiro
Harmonia: Portela
Melhor Porta Bandeira: Squel Mangueira
Destaque: Fabíola Abraão - Beija Flor
Baianas: Estácio
Passistas Feminino - Portela
Mestre Sala- Phelipe Lemos - Vila Isabel
Intérprete: Ciganerey Mangueira
Revelação: Leandro Vieira Mangueira
Personalidade do carnaval: Ailton Graça destaque Masculino do salgueiro
Diretor de Carnaval: Comissão da Vila isabel
Velha Guarda: Imperatriz Leopoldinense
Rainha: Juliana Alves - Unidos da Tijuca
Bateria: Beija Flor de Nilopólis
Comunicação com o público: Portela
Melhor carnavalesco: Paulo Barros - Portela

Grupo de acesso A:
Melhor Escola: Unidos de Padre Miguel I
Bateria: Unidos de Padre Miguel
Revelação: Hugo Junior - Cubango
Comissão de Frente: Império Serrano
Melhor Samba: Viradouro
Intérprete: Zé Paulo Viradouro
Rainha: Patricia Shélida
Passistas: Paraíso do Tuiuti
Mestre sala: Thiaguinho Mendonça - Renascer
Porta Bandeira: Amanda Poblete Renascer
Personalidade: Altair Veloso Viradouro
Diretor de Carnaval: Luan Teles Império da Tijuca

Grupo B
Acadêmicos do Sossego

Homenagens Especiais:
Luana Bandeira - Madrinha do troféu Gato de Prata 2016
Edson Marcos - Diretor de Manutenção da LIESA
Erich Otto Straher - Diretor Social da LIESA
Anísio Abrão David- Patrono da Beija Flor
GRES Ainda Existem Crianças na Vila Kennedy - Presidente Turquinha
Coronel BM Fernando Suarez Alvarez
Diego Haidar- Repórter da Rede Globo (O Maratonista do Samba)
João Paulo Machado- Presidente do Projeto Sua Majestade que assessora
Casais de Mestres Salas e Portas Bandeiras
Karla Sampaio- Assessora de Marketing da Mangueira
Alexandre Colombo da Piraquê
Fábio Silva - Galeria do Samba
Vera Rezende- SRZD
Sérgio Peixoto - Presidente da CETEPOA ( Centro de Estudo e Pesquisa de Tema Enredo e Memória de Porto Alegre)
GRES Mocidade Unida da Glória - Campeã do Carnaval do Espírito Santo
Eraldo Leite - Império Serrano
Haroldo Costa - Ator, Escritor, Produtor, Jornalista e Sambista
Fábio Júdice - Jornalista da Rede Globo
O fim de semana será de muita festa na quadra do GRES Estácio de Sá. Na sexta-feira, as portas do Berço do Samba se abrem para dar sequência ao concurso que vai eleger o hino oficial do Carnaval de 2017, ano em que a vermelho e branco terá como enredo, o cantor e compositor Gonzaguinha.

As nove parcerias inscritas para a disputa de samba-enredo se apresentaram pela primeira vez na última sexta, 8 de julho. A primeira eliminatória, no entanto, acontecerá dia 15 com o ensaio tendo início às 23h. A ordem de apresentação dos sambas será definida na quarta-feira, através de sorteio realizado pela ala dos compositores.

Já no sábado, a  escola entra no embalo dos festejos de São João e realiza o seu tradicional Arraiá Solidário. A partir das 17h, os segmentos da Estácio de Sá recebem toda a comunidade para um festival de delícias juninas, brincadeiras , forró , pagode e a apresentação de quadrilhas típicas. A entrada é 1 kg de alimento não perecível que será doado para instituições de caridade.

Bem localizada, a quadra do GRES Estácio de Sá fica próximo a três estações de metrô (Praça XI, Estácio e Cidade Nova), além de ser corredor de passagem para diversas linhas de ônibus que ligam as principais regiões da cidade. Há facilidade de estacionamento no entorno e farta opção de táxi no local. O endereço é rua Salvador de Sá, 206 – Cidade Nova. Mais informações pelo telefone 2504 2883.

Serviço: Eliminatórias de Samba do GRES Estácio de Sá e Arraiá Solidário do Leão
Data: Eliminatórias – todas as sextas a partir das 23h
Arraiá – sábado, 16 de julho, a partir das 17h
Valor: Eliminatória – R$30
Arraiá – 1 kg de alimento não perecível







A logo criada pelo carnavalesco Jaime Cezário foi buscar inspiração no cenário da cidade que é o berço das Marchinhas de Carnaval, o Rio de Janeiro. 
No calçadão de Copacabana, um diabinho anão, divertido e malicioso, segura um estandarte, referência a primeira Marchinha criada para o Cordão Carnavalesco Rosa de Ouro, onde aparece o título do enredo. Ele está rodeado pelo triângulo amoroso mais famoso do Carnaval, o Arlequim, a Colombina e o Pierrô. 
O trio de personagens inspirou divertidas e românticas Marchinhas, que exaltam sempre algo bem característico dos sassaricos momescos: todos são de todos e ninguém é de ninguém! 
 O desenho dos personagens foi buscar inspiração nos traços do chargista, ilustrador e designer gráfico carioca J. Carlos. Ele teve grande sucesso na primeira metade do século XX, quando o Carnaval de Rua e dos salões tiveram seu apogeu na cidade do Rio de Janeiro. J. Carlos ilustrou as melhores revistas de sua época: O Malho, O Tico Tico, Fon-Fon, Careta, A Cigarra, Vida Moderna, Eu Sei Tudo, Revista da Semana e Para Todos. A moldura dourada foi buscar inspiração em sua forma irregular e curva na Art Nouveau. 
A Art Nouveau inspirou muitos designers gráficos na primeira metade do século XX, e se utilizava de formas e estruturas naturais, não somente em flores e plantas, mas também em linhas curvas. O detalhe das bananas e de suas folhagens, utilizada ao redor da moldura, simboliza o nosso antropofagismo cultural que transformou influências internacionais em algo genuinamente nacional, ou melhor, carioca. Yes, nós temos banana!!! O trabalho de editoração gráfica ficou sob a responsabilidade do Designer Gráfico Eder Osório.

segunda-feira, 11 de julho de 2016


A terceira edição da Carnavália Sambacon já emite reflexos dos importantes encontros que se deram ao longo dos três dias do Evento de Negócios do Carnaval. Dirigentes e representantes de instituições que organizam o Carnaval por todo o país puderam estreitar laços e debater ideias que vêm sendo desenhadas e que já receberam em carta que propõe às autoridades dos poderes executivos, uma maior atenção em relação a este setor da economia.

Acompanhe, na íntegra, o documento assinado pelos presidentes e representantes de todo o Brasil.
Carta das Entidades Representativas das Escolas de Samba do Brasil


As LIGAS DAS ESCOLAS DE SAMBA e as demais entidades carnavalescas do Brasil, abaixo assinadas, reunidas durante os dias 23, 24 e 25 de junho de 2016, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), na 3ª CARNAVÁLIA/SAMBACON – 3ª FEIRA DE NEGÓCIOS DO CARNAVAL e 3º ENCONTRO NACIONAL DO SAMBA, manifestam sua mais profunda preocupação com as dificuldades com que se defrontam as ESCOLAS DE SAMBA DO BRASIL, que culminaram, inclusive, com o cancelamento dos DESFILES DAS ESCOLAS DE SAMBA em inúmeras cidades brasileiras, sob os efeitos da grave crise financeira que atinge a União, os Estados e os Municípios brasileiros, conforme relatos apresentados por ocasião da MESA DE DEBATES Nº 4 – “O CARNAVAL ALÉM DA SAPUCAÍ - REALIDADE E DESAFIOS”, justamente no momento em que estamos comemorando o centenário do primeiro Samba gravado no Brasil.

Ressaltam ainda que a indústria criativa do carnaval, que movimenta bilhões de Reais, anualmente, com grande impacto na economia nacional, por meio do comércio em geral e de serviços, tais como: turismo, hotelaria, entretenimento, mídias diversas, mão de obra especializada, e uma gama de produtos relacionados diretamente ao Carnaval, merece das Autoridades dos Poderes Executivos uma atenção especial, que se expresse em políticas públicas voltadas ao incremento desse importante setor da cadeia produtiva nacional.

Por fim, neste ano em que se comemora o Centenário do Samba, pugnam para que o Poder Público, diante da grave situação que ora se apresenta, reconheça que a cadeia produtiva do carnaval representa uma importante oportunidade de se continuar impulsionando a geração de riqueza, emprego e renda em nosso País, através da criação e implementação de políticas públicas que viabilizem essas atividades, bem como a aprovação de legislação específica que estimule seu desenvolvimento, pois trata-se de uma manifestação genuinamente brasileira, de relevante dimensão cultural.

Rio de Janeiro, julho de 2016


Jorge Castanheira , presidente da Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA)

Déo Pessoa, presidente da Liga das Escolas do Rio de Janeiro Série A (LIERJ)

Marcos Falcon, presidente da Associação Cultural O Samba é Nosso, responsável pelos desfiles dos grupos C, D, e E do Rio de Janeiro e presidente do GRES Portela

Paulo Sérgio Ferreira, presidente da Liga das Escolas de Samba de São Paulo (LIGA SP)

Kaxitu Ricardo Campos, presidente da União das Escolas de Samba Paulistanas (UESP)

Joel Costa Junior, presidente da Liga das Escolas de Samba do Estado de Santa Catarina (LIESF)

Edinei Martins, presidente da Superliga do Estado do Rio Grande do Sul

Distéfano Bastos Marcelo, interlocutor da Organização das Escolas de Samba de Guaratinguetá e Vale do Paraíba (OESG)

José Airton Amorim, interlocutor do Fórum das Escolas de Samba de Curitiba e região

Clayton Auwerte, interlocutor do Fórum das Escolas de Samba de Curitiba e região

Geomá Climintino Leite, presidente da União das Escolas de Samba e Blocos de enredo de Brasília (UNIESBE)

Juarez Gutierres, presidente da Liga das Escolas de Samba de Porto Alegre (LIESPA)

Moacyr Oliveira Filho, presidente da Associação Recreativa e Cultural Unidos do Cruzeiro (ARUC/DF)

Leandro Mesquita, presidente da Liga das Escolas de Samba de Itaboraí (LIESI)

Carlos Alberto de Almeida, presidente da Liga das Escolas de Samba de Suzano (SUZANSAMBA)

Erick Pereira, presidente da Associação das Escolas de Samba de Diadema (AESDA)

Vicente Cruz, presidente da Liga das Escolas de Samba de Macapá (LIESAP)  


Fotos: Diego Mendes



sábado, 9 de julho de 2016

No próximo domingo (10), o Grese Império da Tijuca dará início a disputa de sambas para o Carnaval 2017.
Com o enredo "O ÚLTIMO DOS PROFETAS", do carnavalesco Junior Pernambucano, a verde e branco do Morro da Formiga pretende brigar pelo título da Série A repetindo o desempenho de 2013 quando subiu para o grupo especial. 
É um enredo forte e sem dúvida um dos melhores do grupo, o que pela entrega dos sambas ocorrida no último domingo não deixa dúvidas de que a safra será excelente, deixando um trabalho árduo para o presidente Tê e sua diretoria. 
Durante um almoço realizado na quadra com  grupo de pagode, os compositores entregaram seus sambas e  deram uma prévia do que vem pela frente. Os 11 sambas inscritos apresentaram em CD suas obras, quando então, todos os presentes ao evento puderam ouvi-las em primeira mão.


O Presidente Tê em um breve discurso desejou sorte às parcerias e aproveitou para informar sobre os novos horários das tardes/noites de samba na escola. As disputas serão aos domingos, sempre com a apresentação dos segmentos a partir das 16 horas e logo em seguida as eliminatórias. Neste domingo a quadra estará aberta a partir das 14 horas e o sorteio para ordem de apresentação dos sambas será às 15h.
Segundo o presidente, esta medida foi adotada para facilitar o acesso de quem mora longe e depende do transporte público, sempre mais escasso aos domingos e também, por questões de segurança, de forma que componentes e visitantes não tenham problema no retorno para suas casas.

A nova medida agradou e  a diretoria espera todos no próximo domingo para dar início a busca do título de 2017.
Mais uma novidade será também a apresentação do 2o mestre-sala Jorge Vinícius que fará par com a 2a porta-bandeira Laís Lúcia e a estréia oficial dos Mestres Jordan, Júlio e Paulinho à frente da Sinfonia Imperial.
A Império da Tijuca será a 4a escola a desfilar na sexta-feira de Carnaval.

A quadra da Império da Tijuca fica localizada na região da Muda, no bairro da Tijuca - Rua Medeiros Pássaro 84 - transversal a Conde de Bonfim. Várias linhas de ônibus passam próximas, assim como a estação do Metrô Uruguai é uma ótima opção, depois é só pegar um ônibus para a USINA ou a Muda, ou mesmo andar alguns poucos quarteirões.

O que vale é chegar e se divertir. Acompanhar o samba em mais uma escola tradicional tijucana com cerveja gelada e muita animação.

As parcerias para disputar são:


Compositores: Gilmar L. Silva, Michel do Alto, Serginho Roco, Ferreti e Ismael David
Participação Especial: Washington Motta - Intérprete: Serginho do Porto 



Edmar Junior à esquerda











Compositores: Pixulé, Edmar Jr, Gigi da Estiva, Rodrigo Alemão e Nino Smith
Participação Especial: Thiago Meiners, Rafael Tubino, James Bernardes e Victor Alves -  Intérpretes: Pixulé e Igor Vianna  





Compositores: Vicente das Neves, Rono Maia, Clarck Almeida, Helio Leite e Nadinhonego
Participação Especial: Ronaldo Carvalho e Rodrigo Diamante 







Compositores: Renan Falcão, João Lourenço, Thiago Russo, João Luiz e Deley Marins Intérprete: Anderson Bala 















Compositores: Zé Paulo Miranda, Braguinha, Jurandir Terra, Sônia Pedro, LM. - Participação Especial: Son da Tramela. - Intérpretes: Zé Paulo Miranda, Lico Monteiro, Rafael Tinguinha, Edvander Oliveira 



Compositores: Claudinho D.V.D., Bano Alves, Carlinhos Vianna, Mr. Francis e Marcelo VieiraParticipação Especial: Kadu Rangel - Intérpretes: Emerson Dias, Emerson Haha e Léo Capoeira



Compositores: Bola, Gallo do Império, Zezinho Professor, David Professor e Marcelão SPIntérprete: Marcelo Rodrigues


Compositores: Pedrinho Dha Flor, Eduardo Dias, Rodrigo Cunha, Fábio Baptista e André Bacana - Participação Especial: Jefinho Rodrigues, Luciano da Vila e Cleverson Lopes - Intérprete: Eduardo Dias 

Compositores: Nuia, Marcelo, Alex Almeida, Luiz Cláudio, Barata Benevenuto 
Compositores: Henrique Badá, Eduardo Katata, Ewerson Silva, Chico Moraes, Clebinho do Cavaco Intérprete: Fabinho Ribeiro



Compositores: Jussara Pereira, Dalton da Nelci, Lid de Souza, Luíza Fontella e Lelê - Intérprete: Lid de Souza

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Neste sábado 9 de julho, a Vizinha Faladeira realiza sua 20a feijoada e terá como convidada especial o Império Serrano. Durante o evento, além das atrações, haverá também, a continuação da fase final da eliminatória dos sambas concorrentes ao Carnaval 2017, agora em chave única.

Tudo isso ao sabor de uma super feijoada comandada pelas baianas da escola. Os presentes ainda poderão contar com a bela apresentação dos segmentos da Vizinha Faladeira, que tem dado o que falar. Casal, passistas, bateria, velha guarda, baianas, toda a família Vizinha dando aquele show de samba.

A Vizinha já tem a data da grande final, para a escolha do samba oficial do Carnaval 2017, que está prevista para dia 6 de agosto.
Enredo 2017: “ A Última do Português a Que Nem Camões Contaria”
Carnavalesco: Jean Rodrigues

As parcerias que vão se apresentar neste sábado dia 9 de julho são:

SAMBA 1 - Leandro Santos, Victor Alves, Diego Magrão, Guilherme Al Qaeda, Salviano, Thiago Batube, Diego tavares
Intérpretes: Igor Sorriso e Leandro Santos

SAMBA 2 - Orlando Professor, Rodolfo Caruso, Jorge Remédio, Luiz Fernando, João Monteiro, Joel Kabineiro,
Intérprete: Wander Timbalada
Participação Especial: Miguelzinho Beserra

SAMBA 4 - Junior Nascimento, Betinho do Cavaco, Leandro RC, J.doTaxi, Gui Cruz, Flavinho
Intérprete: Anderson Paz

SAMBA 7 - Almir Ha Ha, Claudinho Dvd, Herve Machado, Marcelo Vieira, Nininho do Cavaco e Valéria Amorim
Participação Especial: Kadu Rangel
Intérprete: Emerson Dias

SAMBA 10 - Bola, Jeferson Alves, Ribeiro Sorriso, Ganso, Roberto Dias, Julio Negão
Participação Especial: Paulo Velho

SAMBA 12 - Helinho107 / Wanderley Monteiro /Jero/ André do Posto7/ Jorginho Triunfo/ Raimundo do Bar
Intérprete :Wantuir

SAMBA 13 - Serginho Aguiar / Jailton Bela-Vista / Jonathan Maciel / Carlinhos Ousadia / Marquinhos Rosali / Carvalho.
Intérprete: Leozinho Nunes e Felipe Lima

SERVIÇO

20a Feijoada da Vizinha Faladeira e Disputa de Samba Enredo
Escola convidada: GRES IMPÉRIO SERRANO
DATA - 9 DE JULHO
HORÁRIO 14h HORAS
Roda de Samba AMIGOS DO FOGAÇA e DJ Junior
Entrada FRANCA
Feijoada - 15,00
Reserva de Mesas - 988577647
LOCAL: Rua da Gamboa 345 - ao lado da Cidade do Samba, em frente ao barracão da Grande Rio
Acesso pela Via Binário direção Praça Mauá

quinta-feira, 7 de julho de 2016

O projeto 'Portela dá Trabalho' vai oferecer 1.400 vagas de emprego em sua 42ª edição, que será realizada na quadra da agremiação (Rua Clara Nunes 81, Madureira), na próxima terça-feira (12), das 9h às 14h. Na ocasião, profissionais de recursos humanos de 18 empresas irão entrevistar os candidatos. Haverá oportunidades com salários de até R$ 5 mil.

O 'Portela dá Trabalho' também vai oferecer chances para pessoas com deficiência (PCDs) - é preciso apresentação do CID e laudo médico. Vale ressaltar que todas as oportunidades poderão ser preenchidas sem aviso prévio.

Os candidatos (homens e mulheres) precisam levar carteira de trabalho, currículo profissional, uma foto 3x4, comprovante de residência, título de eleitor, declaração de escolaridade e certificado de reservista. Os interessados nas vagas de motorista devem apresentar a carteira de habilitação. Serão contemplados diversos níveis de escolaridade na seleção.

As empresas que participação desta edição do evento são: Contax, Ello RH, Empreza RH, Grupo Redentor, IMC - Viena e Batata Inglesa, Lojas Americanas, New Space - SKY TV, Nutrab, Personal Service, RH10, SindRio, Supermercados Guanabara, Tivit, UP Essence, Verzani & Sandrini, Viação Madureira-Candelária, Vida Útil e Walter's Coiffeur.

Relação das funções que serão selecionadas:

- Açougueiro
- Ajudante
- Ajudante de confeiteiro
- Ajudante de copeiro
- Ajudante de cozinha
- Ajudante de pizzaiolo
- Atendente
- Atendente de fast food
- Atendente de lanchonete
- Atendente de restaurante
- Auxiliar de estoque
- Auxiliar de restaurante
- Auxiliar de serviços gerais (ASG)
- Auxiliar de sushiman
- Balconista
- Balconista de salgados
- Balconista de açougue
- Barman / barwoman
- Caixa de bar
- Caixa de restaurante
- Camareira
- Cartazista
- Churrasqueiro
- Copeiro(a)
- Cozinheiro
- Cozinheiro jr.
- Crepeiro
- Cumim
- Desossador
- Frentista
- Garçom
- Garçonete
- Jovem aprendiz
- Lancheiro
- Locutor de supermercado
- Magafere
- Maître
- Mecânico de refrigeração
- Mecânico diesel
- Motorista com CNH C, D e E
- Operador de caixa e repositor
- Operador de empilhadeira
- Operador de telemarketing
- Pizzaiolo
- Porteiro
- Recepcionista de restaurante
- Saladeiro(a)
- Segurança patrimonial
- Sushiman
- Vendedor
- Vendedor externo
 

Neste domingo, dia 10 de julho, a partir das 13h, na Praça Paulo da Portela, em Oswaldo Cruz, tem mais uma edição da Feira das Yabás. O convidado deste mês é o Jongo da Serrinha. O evento será em ao Dia Estadual do Jongo que é comemorado no dia 26 deste mês.

A roda de samba do cantor Marquinhos de Oswaldo Cruz promete agitar o publico presente com muito samba de raiz e sucessos que marcaram época na musica popular brasileira. A festa tem patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura.

Grandes nomes da MPB, como Dona Ivone Lara, Leandro Sapucahy, Almir Guineto, Jongo da Serrinha, Guinga entre outros, já se apresentaram na feira, que acontece todo segundo domingo do mês.

Jongo da Serrinha:

O fim da escravidão não acabou com as injustiças praticadas contra os negros. Os ex-escravos e seus descendentes não receberam um pedaço de terra para continuar trabalhando na agricultura. Assim, foram obrigados a migrar para a cidade do Rio de Janeiro, então capital do país, em busca de melhores oportunidades. No início do século, o Rio de Janeiro já sofria com a especulação imobiliária. As obras de demolição do centro colonial da cidade, empreendidas pela nova política de “embelezamento” à moda francesa e “sanitarização”, expulsaram a população pobre dali para o alto dos morros, até então desabitados devido ao difícil acesso, inaugurando uma nova forma de moradia: as favelas.

A chegada dessa população do Vale do Rio Paraíba fez com que o Rio de Janeiro se tornasse a região do Brasil com maior concentração de jongueiros. Apesar da mudança para a cidade, essas famílias negras continuaram a dançar o jongo em seus novos redutos como os morros de São Carlos, Salgueiro, Mangueira, e, sobretudo na Serrinha. Assim, graças à memória desses antigos jongueiros, foi possível reviver o passado das fazendas.Por volta de 1930, devido ao estreito contato com a vida urbana, aos novos modismos e à morte dos jongueiros idosos, o jongo foi aos poucos desaparecendo dos morros cariocas. No entanto, a Serrinha, localizada na periferia, isolada da parte central da cidade, como se fosse uma “roça” afastada, pôde preservar a cultura afro-brasileira tradicional.

A vida dos moradores desse morro do subúrbio de Madureira continuou bem parecida com a dos tempos das fazendas. As cachoeiras, os bambuzais, os animais selvagens, as casas de pau-a-pique, o candeeiro e o ferro a brasa continuaram a fazer parte do dia-a-dia. O espírito festivo dos moradores e a consciência da importância de se preservar a cultura negra foram fundamentais para a formação desse núcleo de famílias-artistas. As ladainhas, os blocos de carnaval, os pastoris, as casas de umbanda, o samba de partido-alto, o calango e o jongo da Serrinha ficaram famosos, atraindo a visita de intelectuais, políticos e artistas do outro lado da cidade para suas rodas de samba, festejos, umbandas e candomblés.

Seus moradores lideraram movimentos negros e de luta popular, como a fundação do primeiro sindicato do Brasil, o do Cais da Estiva, onde muitos deles trabalhavam e a fundação das primeiras escolas de samba.A partir da década de 60, muitos velhos jongueiros da Serrinha foram morrendo e, mesmo naquela comunidade, as rodas de jongo começaram a se extinguir. Preocupados com isso, Mestre Darcy Monteiro e sua família convidaram as antigas jongueiras Vovó Teresa, Djanira, Tia Maria da Grota e Tia Eulália para formar o grupo artístico Jongo da Serrinha e quebraram o tabu que impedia as crianças de participarem do jongo.

Além de uma boa música, o público ainda pode aproveitar para experimentar a culinária típica dos subúrbios cariocas e pratos de origem africana nas 16 barracas que participam do evento sob o comando das matriarcas das famílias mais importantes e tradicionais da região de Oswaldo Cruz: uma grande cozinha a céu aberto. Entre as muitas opções estão o mocotó e o aipim com carne secada Tia Surica, baluarte da Velha Guarda da Portela. A refeição mais concorrida é a rabada com batata da Dona Neném, a mais velha das tias, com 87 anos, que também prepara rabada, angu e bolinho de abóbora recheado com carne-seca. Neide Santana serve feijoada de camarão, angu à baiana e feijão amigo. Já na barraca da Jane Carla é vendido cozido de peixe. A barraqueira Romana vai de carré com couve à mineira, jabá e caldinhos de mocotó, feijão e ervilha. Bobó de camarão é o prato da Jussara, e Selma Candeia, filha do sambista Candeia, oferece abóbora com carne seca. A combinação de peixe frito, molho de camarão, pirão e arroz fica sob a responsabilidade da Tia Nira. Já Tia Edith apresenta macarrão com carne assada, enquanto Vera Caju mostra o seu cozido, camarão frito e caldo de abóbora. Rose serve a deliciosa galinha com quiabo, e Jane Pereira mostra o jiló frito, além de caldos e canjas. Rosângela Maria leva a tripa lombeira e o bolinho de bacalhau para Feira, e Marlene apresenta roupa velha e feijoada. E se você ainda não estiver satisfeito, pode experimentar a vaca atolada, a carne com aipim e o bolinho da Tia Natércia e da Sueli. Para arrematar, a barraqueira Vera de Jesus prepara doces deliciosos. Os preços das refeições ficam em torno de R$ 18,00.

Sobre a Feira das Yabás:

A primeira edição da Feira das Yabás aconteceu em 2008, por iniciativa de Marquinhos de Oswaldo Cruz, que depois de recriar o Trem do Samba e a feijoada da Portela, resolveu cantar seus sambas na quadra da Portelinha, regado a macarrão com carne assada. Nascia, assim, a primeira edição da Feira, que hoje reúne milhares de visitantes de todas as regiões do Rio.

Serviço:

Feira das Yabás - Gastronomia e Roda de Samba

Homenagem ao Dia Estadual do Jongo

Marquinhos de Oswaldo Cruz o Jongo da Serrinha

Quando: Domingo, 10 de Julho de 2016.

Hora: a partir das 13h

Local: Praça Paulo Portela, Oswaldo Cruz - Rio de Janeiro

Evento gratuito

Bastidores VIP

Bastidores VIP
Jessica Rodrigues, namorada do cantor Latino, arrasou na final de samba do Acadêmicos do Grande Rio

Siga-nos por Email

Cidade e Entretenimento

Cidade e Entretenimento
Cidade - Eventos - Shows - Gastronomia - Turismo - Utilidade Pública

Arte e Cultura

Arte e Cultura
Teatro - Dança - Artes Plásticas - Literatura

Espaço VIP

Espaço VIP
Famosos - Artistas - Perfil - Biografia - Portfolio

Moda - Beleza - Estética

Moda - Beleza - Estética

Parceria TV G RIO

Parceria TV G RIO
O Mundo Online te vê aqui

Revista MIXTURA TOTAL

Revista MIXTURA TOTAL
Edição 001 da revista eletrônica

Veja mais sobre o CARNAVAL

Veja mais sobre o CARNAVAL
Clique e venha descobrir esse mundo de sonhos numa coleção pra lá de especial.

Samba na Intendente

Samba na Intendente
Parceiro do RITMO CARIOCA

G+ tambem estamos lá !

Já curtiu ?

Acadêmicos do Salgueiro em 19-08-2017

Paraíso do Tuiuti - Passistas

Renascer de Jacarepaguá 2018



Samba Oficial Carnaval 2018

RÁDIO MIXTURA TOTAL

RÁDIO MIXTURA TOTAL
A RÁDIO QUE BOMBA GERAL !

GALERIA DE FOTOS

GALERIA DE FOTOS
Veja aqui tudo que acontece no mundo do Carnaval, coberturas nas quadras, eventos, ensaios técnicos e desfiles. Clique na foto para acessar.

Curso de Design de Carnaval

Novo curso de Pós-Graduação em Design em Carnaval está com inscrições abertas

O Curso de Pós-Graduação em Design em Carnaval é o primeiro no Brasil e está com inscrições abertas. Com duração de dois anos, as aulas se...

Postagens Populares

Twitter