Ronaldinho do Cavaquinho homenageia mestres do chorinho e da música clássica com turnê de Choro itinerante no Rio, Interior e Baixada

Herdeiro de grande parte do acervo de Waldir Azevedo, autor de ''Brasileirinho'', o artista apresenta repertório com obras do mestre, além dos clássicos como Bach e Chopin com entrada franca

Ronaldinho do Cavaquinho leva a turnê Choro Itinerante In Concert, que homenageia mestres da música brasileira como Waldir Azevedo, além de clássicos como ''Ave Maria'' de Gounod, ''Carinhoso'' de Pixinhguinha e ''Noturno'' de Chopin em ritmo de choro até Botafogo, na zona sul do Rio neste domingo (26/07). A Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus recebe músicos e público a partir das 20h, na Av. Lauro Sodré, n° 83. A primeira cidade a receber o circuito foi Mendes, no último dia 19. O grupo é formado por Ronaldo (no cavaco), pelo violonista sete cordas, Patrick Angello, pelo flautista, Tomaz Retz e pelo percussionista João Rafael. O projeto, já em sua oitava edição, traz novamente o formato ''em Igrejas'', com shows sempre gratuitos em Paróquias centrais das cidades. As apresentações mesclam melodia e um roteiro da história da música instrumental no Brasil desde o final do século XIX. A classificação indicativa é livre e a entrada é gratuita. A turnê passa pela Capital, Baixada e Interior do estado.

-> Programação: Botafogo (26/07), Paróquia São Tomé Apóstolo - às 19h, em Bonsucesso (02/08), Paróquia de São Pedro e São Paulo - às 20h30, em Paracambi (09/08), Paróquia Nossa Senhora de Fátima - às 20h30, em Mesquita (16/08), Paróquia Sagrado Coração de Jesus - às 18h30, no Méier (22/08), Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida - às 19h30, no Cachambi (30/08), Paróquia de Nossa Senhora da Conceição - às 18h30, em Pinheiral (06/09), Paróquia de São Sebastião - às 18h, em Nilópolis (13/09), Paróquia de Santo Antônio - às 19h, em Sapucaia (20/09) e Paróquia de Santa Tereza D'Ávila - às 20h, em Rio das Flores (27/09). Ao todo são oito cidades do Grande Rio e quatro do Interior. O projeto tem o patrocínio da LIGHT, Governo do Estado e Secretaria de Cultura através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Entre grandes nomes e jovens talentos do gênero, Ronaldinho do Cavaquinho já esteve ao lado dos bandolinistas Déo Rian e Joel Nascimento; do sanfoneiro Zé Calixto; da saxofonista Daniela Spielmann; do multi-instrumentista Dirceu Leite e do Marcelo Gonçalves (violonista sete cordas do Trio Madeira Brasil). Cavaquinista, compositor e autodidata, é apontado por alguns críticos como o herdeiro musical do mestre do cavaquinho, Waldir Azevedo. Em Conservatória, anualmente, comanda As Noites de Choro em dois sábados de setembro recebendo quase cinco mil turistas de todo o Brasil.

Waldir era, assim como Ronaldo, também morador do Méier, subúrbio do RJ, e tem parte de sua história registrada no local. Ronaldinho, como é carinhosamente conhecido, herdou a maior parte do acervo de um dos maiores músicos do Brasil da própria viúva do mestre, também compositor dos clássicos ''Delicado'' e ''Pedacinho do Céu''. Fotografias, diplomas, partituras (oriundas da Alemanha), guitarra, vitrola e mobiliário também estão entre os elementos herdados por Ronaldinho. Em breve esse acervo parte para a cidade de Conservatória e passará a abrigar o Instituto que leva o nome do mestre. O projeto já conta com o espaço e agora está na fase de negociação do valor do imóvel, que oferecerá oficinas de música e artes, em geral.

* Mais sobre Ronaldinho do Cavaquinho:

Fanpage: https://www.facebook.com/Ronaldinhodocavaquinho

Site: http://www.ronaldinhodocavaquinho.com

* crédito fotos: Mazé Mixo | Trella Comunicação

Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.