sexta-feira, 3 de abril de 2015

Severo Luzardo e Claudia Mota **
**Por Yngrid Lopes**

“Silas Canta Serrinha” : Dirigentes, Baluartes e comunidade abraçam o tema **

Nesta quinta-feira, 02 de abril, o G.R.E.S Império Serrano promoveu encontro na quadra para que os membros da escola fossem apresentados à sinopse do novo enredo da agremiação. Dessa vez, os preparativos para o maior espetáculo do mundo começaram cedo e, a expectativa é de que o Império cresça na avenida de uma forma mais madura, já que a escola contratou profissionais de altíssimo gabarito para a conquista do título em 2016.

“Hoje, está acontecendo um resgate da família imperiana, a escola contratou pessoas de peso. Agora temos um excelente cantor - Pixulé e a coreógrafa Claudia Mota, no comando da comissão de frente. Enfim estamos conseguindo nos fortalecer com esses acontecimentos super positivos para nós”, explica Vera Lúcia, presidente do Império Serrano.

Quanto ao enredo, o que de fato será trabalhado na avenida não é a história de vida de Silas de Oliveira, baluarte do Império Serrano, cujo centenário é comemorado em 2016. Na verdade, o Silas contará a história da Serrinha. “Silas de Oliveira canta a Serrinha, berço do samba em Madureira. Estamos utilizando o compositor em primeira pessoa na narrativa do enredo, passando pela Serrinha, na qual estão inseridas suas composições,” explica Paulo Santi, diretor de carnaval da escola.

Durante o encontro, o carnavalesco Severo Luzardo narrou a sinopse do enredo e deixou claro que o Império preservará a corrente tradicionalista que faz parte da identidade da verde e branco de Madureira. “A escola é fundamentalmente solidificada pelo tripé fé, raiz e herança. Vamos pensar no que tem maior valor e agrega no carnaval - o Imperiano. Acredito em escolas assim, que dão espetáculo através de sua honrada tradição,” diz Severo.


Entretanto, a escola não se mostra totalmente fechada as influências do carnaval contemporâneo. O diretor de carnaval acredita que mudanças são sempre bem vindas mas é preciso cautela na hora de levar para dentro da escola. “Precisamos inserir o Império Serrano dentro do contexto dessas novas tecnologias que hoje habitam as escolas de samba, sem que a escola perca sua carcterística, identidade. E está havendo esse entendimento, o Severo é muito aberto ao diálogo com a comunidade e com os baluartes da escola que estão super felizes com o que está sendo desenvolvido para 2016”, afirma Paulo Santi. ·      

Mesmo com importantes contratações, o Império Serrano enfrenta alguns desafios que aos poucos estão sendo superados. O fato de termos feito um grande desfile, não anula o fato de que é preciso um excelente carnaval com recursos reduzidos. Este ano fizemos carnaval com muita dificuldade, passamos pela prova dos 9 e aprendemos a fazer um carnaval belíssimo com pouco recurso,” conlui Santi.

LEIA A SINOPSE DO ENREDO: "SILAS CANTA SERRINHA"


0 comentários:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.

Fale direto com a gente

Fale direto com a gente
Só clicar acima e você entrará direto no nosso whatsapp, seja bem-vindo.

Parceria TV G RIO

Parceria TV G RIO
O Mundo Online te vê aqui

Veja mais sobre o CARNAVAL

Veja mais sobre o CARNAVAL
Clique e venha descobrir esse mundo de sonhos numa coleção pra lá de especial.

G+ tambem estamos lá !

Já curtiu ?

Paraíso do Tuiuti - Passistas

Postagens Populares

Twitter