Show Ricardo Silveira convida Zeca Assumpção_circuito Conexão Rio_23 de Julho_Teatro Ipanema

Como parte da programação do Conexão Rio, o Teatro Ipanema recebe no dia 23 de Julho, às 20h30, o show “Ricardo Silveira convida Zeca Assumpção”.

Apaixonado pela música brasileira desde novo, Ricardo Silveira sempre teve facilidade de transitar por diferentes línguas na música. Para aprimorar os dons musicais, fez um curso de dois meses em Boston e passou quatro anos trabalhando fora do país. De volta, por recomendação do produtor e músico Liminha, que havia conhecido nos Estados Unidos, Ricardo foi convidado por Elis Regina para participar da turnê pelo Brasil do disco “Essa Mulher”. Após a turnê com Elis Regina, Ricardo começou a tocar com outros grandes nomes da MPB como Hermeto Paschoal, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Milton Nascimento, João Bosco, Ivan Lins, Nana Caymmi e Ney Matogrosso para quem também fez arranjos e direção musical. Seu primeiro disco foi “Bom de tocar”(Polygram), lançado em 1984. De 2006 a 2009 foi apresentador do “Estúdio 66” no Canal Brasil. Ao todo, Ricardo Silveira completa 11 discos solos.

José Tomás de Assumpção, mais conhecido como Zeca Assumpção, fundador do “Grupo Um” com Lelo Nazário e Zé Eduardo Nazário, já foi eleito melhor contra-baixista de jazz do país, pela “Sociedade Brasileira de Jazz” (1982), vencedor do prêmio RioDança (Prefeitura do Rio de Janeiro) na categoria trilha sonóra na criação de Lia Rodrigues “Aquilo de que somos feitos” (2000), entre outro prêmios e indicações. Estudou música, arranjo e composição no Berklee College of Music, em Boston, tendo como professores, entre outros: John Neves, William Curtis, Herb Pomeroy, Ron Mclure, Gary Burton. No Brasil, gravou para rádio, TV, cinema e teatro. Participou do trabalho de Egberto Gismonti durante aproximadamente 20 anos. Em duo, com o grupo Academia de Danças, e outras formações, atuou em vários discos e muitas turnês pela Europa, Estados Unidos, América do Sul e Japão. Tocou e/ou gravou com Victor Assis Brasil, John Scofield, Nelson Ayres, Claudio Roditi, Joyce, Wagner Tiso, Elis Regina, João Bosco, Lucio Alves, Chico Buarque, Robertinho Silva, Michel Legrand, Caetano Veloso, Gal Costa, Ná Ozzetti, Ivan Lins, Adriana Calcanhoto, Luis Bacalov, Benny Carter, Dorival Caymmi, Ryuichi Sakamoto, Jaques Morelembaum, Marlui Miranda, José Miguel Wisnick, entre outros.

SOBRE O CONEXÃO

Após 13 anos de trabalho, o Conexão criou e fortaleceu uma sólida rede de artistas, projetos, agentes e iniciativas diversas no setor cultural brasileiro, abrigando em seu guarda-chuva iniciativas de circulação de shows, festivais, produção de CDs e DVDs individuais e coletivos, videoclipes e atividades de qualificação e profissionalização, entre outras. Essas ações contínuas ao longo do ano e por todo o país se revelam ao público de forma contundente na realização dos festivais, que já circularam as capitais, e interior de Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo e Pará.

A Rede Conexão conta com o apoio das casas de espetáculo e centros culturais envolvidos, do Governo do Rio, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, da Prefeitura do Rio de Janeiro, da Lei Federal de Incentivo à Cultura, das Leis de Incentivo à Cultura do Pará, Minas Gerais e Bahia, do Coletivo Ponte Plural, do Fora do Eixo e tem o patrocínio da Vivo e promoção da rádio MPB FM.

Mais de uma centena de projetos musicais de todo o país fazem parte do Programa Conexão, que reúne shows, festivais independentes, gravação de CDs e DVDs, produção de videoclipes, programas de rádio, oficinas e seminários que compõem uma rede nacional e permanente de atividades culturais envolvendo artistas, gestores e produtores culturais, iniciativas públicas e privadas.

O Conexão, com o patrocínio Master da Vivo, realiza ao longo do ano um circuito de eventos em que toda essa diversidade de ações é valorizada e difundida em diferentes partes do Brasil.

No Rio de Janeiro, o projeto tem início no dia 3 de julho, quarta-feira, com grande evento de lançamento no espaço Miranda Lagoon. Neste dia a programação é composta por duas (2) atrações nacionais de música instrumental, dois (2) artistas de menor expressão e um DJ convidado.

A segunda etapa acontece a partir do dia 11 de julho e leva ao público um circuito com 29 apresentações consecutivas de música instrumental, garantindo a continuidade do projeto em diversos locais da cidade. Esta etapa marca o calendário do Circuito Conexão Rio que acontecerá de 11 de julho a 08 de agosto e terá entrada gratuita.

Para fechar a programação do Conexão RIO, dois dias de shows no Circo Voador com artistas renomados.

Este projeto é financiado pelo Ministério da Cultura e será realizado em São Paulo, nos mesmos moldes, a partir de 27/08.

Conexão – Juntos somos mais música

SERVIÇO
Terça-feira, 23 de julho de 2013
Local: Teatro Ipanema (Rua Prudente de Morais, 824 – Ipanema)
Telefone: (21) 2267-3750
Horários: 20h30
Ingressos: GRATUITO
Capacidade: 222 lugares
Classificação indicativa: Livre
Duração: XXX
Mais informações: www.nolugar.art.br


Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.