sexta-feira, 31 de maio de 2013

O G.R.E.S. Em Cima da Hora, orgulhoso de sua história e do azul e branco que borda seu pavilhão altaneiro, apresenta seu enredo para o Carnaval 2014.

Em vias de completar 55 anos de glória, e retornando ao palco mágico onde o coração do sambista pulsa mais forte, realizaremos a releitura de uma de nossas maiores preciosidades, obra imortal do carnaval carioca: “Os Sertões”.


Assim é o meu lugar,
Bem longe se ouve o canto do cardeal,
Solitário canto que anuncia a barra do dia.
Desperta o sertão, marcado pela própria natureza,
Antônio é seu nome, seu caminho é longo, chão e poeira.
“Conselheiro” em suas andanças, o sol alumia as visões,
A terra é seca e o cultivo é difícil, morrem as plantas, foge ar.
Vejo o povo, sertanejo lutador, homem forte e de valor,
No destino, triste sina de morte e vida, a verdade severina.
Sua simplicidade trança sonhos, borda arte pela arte,
Faz rima bonita, e de repente a realidade é cultura.
Quando tira um versado, musicado e arretado que só,
É pra cantar as coisas boas que esse chão tem.
A fé é o esteio que sustenta os corações firmes,
É de Nossa Senhora, Cícero Romão e São João,
Que vale o corpo e a alma no momento de aflição.
Quis o Bom Jesus guiar os passos do “Conselheiro” e assim legar uma missão,
Era preciso livrar os homens do reino do “anticristo” que se erguia nesse país.
Após muito peregrinar, eis a terra liberta dos males da sociedade,
Que do alto dos seus montes avistava-se milagres acontecerem.
As leis eram de Deus, a terra dos homens, a prosperidade era de todos,
Eis o “Belo Monte”, arraial. A resistência contra os pecados do mundo, “Canudos”.
Porém, quis a crueldade e a ganancia transformar a realidade,
Foi-se o sossego, a paz e a tranquilidade,
Veio o medo, a agonia e o desespero.
Foras da lei, homens da lei, chora de tristeza o sertão,
Choravam homens, mulheres, velhos e crianças,
Os sonhos viraram poeira, a poeira o vento levou, as marcas ficaram,
Restaram ruínas, quem sobreviveu contou o que viu.
As páginas são reais, as palavras se tornaram imortais,
E os mesmos sertões que agonizaram momentos de tristeza,
Renascem na glória de um novo carnaval.
Em azul e branco, apoteose de toda raça e valentia,
Pois os jagunços lutaram até o final,
Defendendo Canudos, naquela guerra fatal.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.

Fale direto com a gente

Fale direto com a gente
Só clicar acima e você entrará direto no nosso whatsapp, seja bem-vindo.

Parceria TV G RIO

Parceria TV G RIO
O Mundo Online te vê aqui

Veja mais sobre o CARNAVAL

Veja mais sobre o CARNAVAL
Clique e venha descobrir esse mundo de sonhos numa coleção pra lá de especial.

G+ tambem estamos lá !

Cuidado não é só para mulher !

Cuidado não é só para mulher !
Se cuidar não é só para mulher. Os homens atuais também se preocupam com o corpo, rosto, cabelos. O Creme de Barbear Natura Homem facilita o deslizar da lâmina e acalma a pele. Também garante hidratação por até 8 horas. Ideal para o homem que se cuida.

Desfile de blocos da Região Portuária 2018

Dias de Verão da NATURA

Dias de Verão da NATURA
Depois da praia ou piscina, nada melhor que aquele banho delicioso para refrescar e depois um perfume que vai te deixar maravilhosa! Este novo lançamento da NATURA - ÁGUA DIAS DE VERÃO é tudo de bom ! Alem do perfume ter uma fragrância deliciosa com a combinação de frutas tropicias , a embalagem ser bastante simpática, um designer bem legal, é muito bom para dar de presente e por que não também se dar de presente.

Já curtiu ?

Samba Oficial Acad. Engenho da Rainha 2018

Por onde começo?

Postagens Populares

Twitter