quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Vencedor do Prêmio de Melhor Bloco de 2012, agremiação criada em homenagem a Paulinho da Viola, agita Arena Fernando Torres neste sábado 

Tomando como ponto de partida a preservação da memória e a prestação de homenagem a Paulinho da Viola, um dos mais importantes nomes da música brasileira, o bloco Timoneiros de Viola, vencedor do Prêmio Serpentina de Ouro de Melhor Bloco do Carnaval 2012, dá início, a partir deste sábado, às 22h, na Arena Carioca Fernando Torres, no Parque Madureira, à temporada de ensaios para o Carnaval 2013, quando reverenciará Nelson Sargento e Elton Medeiros em um grande tributo ao antológico musical “Rosa de Ouro”. Paulinho, Nelson e Elton participaram do famoso musical ao lado de Clementina de Jesus, Aracy Côrtes, Anescarzinho do Salgueiro e Jair do Cavaquinho. O "Rosa de ouro" foi idealizado e dirigido por Hermínio Bello de Carvalho na década de 1960 e enaltecia os grandes ícones do samba.

O Timoneiros da Viola é uma agremiação que tem como proposta o resgate da poesia e do lirismo dos antigos blocos carnavalescos do Rio de Janeiro, executando única e exclusivamente as mais belas composições de expoentes do gênero, como Bide, Marçal, Candeia, Nelson Cavaquinho, Cartola, Donga, João da Baiana, Pixinguinha e, claro, Paulinho da Viola, entre outros. O projeto, idealizado pelo jornalista, escritor e pesquisador Vagner Fernandes, envolve grupos de instrumentistas e compositores que desfilam pelas ruas de Oswaldo Cruz e Madureira, bairros famosos pela concentração das melhores rodas de samba da cidade e na qual estão sediadas duas das maiores agremiações do carnaval carioca: Portela e Império Serrano. Em 2013, o Timoneiros desfilará no Parque Madureira, domingo, 3 de fevereiro, com concentração marcada para ao meio-dia. Paulinho da Viola confirmou presença novamente.

_ É uma homenagem que me comove, sobretudo porque a proposta é a de também relembrar os baluartes do samba de todas as outras escolas _ destaca Paulinho da Viola.

HISTÓRICO

No carnaval de 2012, o Timoneiros da Viola realizou uma grande homenagem a Paulinho da Viola. O compositor recebeu honrarias do bloco fundado por um grupo de profissionais liberais, músicos e atores das zonas Norte e Oeste do Rio e que desfilou pelas ruas de Madureira, no dia 12 de fevereiro. É um bloco de apaixonados pelo samba, pela música brasileira, pelo romantismo dos antigos carnavais. Devido à sua importância, o projeto recebeu todos os principais prêmios do Carnaval do Rio logo no ano de estreia, entre eles o Serpentina de Ouro, concedido pelo Jornal O Globo/Riotur, como o Grande Destaque do Carnaval 2012. Na disputa, venceu blocos tradicionais. Para o Carnaval do ano do que vem, a proposta é realizar um evento gratuito (a saída do bloco propriamente dita no dia 3 de fevereiro no Parque Madureira), bem como quatro ensaios pré-carnavalescos: um na região central do Rio (Teatro Rival BR, no dia 27 de dezembro) e outros três na Zona Norte, na Arena Carioca Fernando Torres, no Parque Madureira, nos dia 15/12, 12/01 e 26/01.

Neste 2012, ano de estreia, contamos no Timoneiros com a participação do próprio Paulinho da Viola, além da Velha Guarda da Portela e dos cantores Teresa Cristina, Pedro Miranda e Cristina Buarque. Elifas Andreato, um dos mais importantes artistas gráficos do país, criou a logomarca. Elifas, como sabemos, retratou com seus inconfundíveis traços grandes nomes da MPB como Elis, Clara Nunes, Martinho da Vila, Clementina de Jesus e o próprio Paulinho.

A homenagem ao artista seguiu com o resgate de antológicos sambas da Portela, escola do coração de mestre Paulinho. Um dos destaques foi a execução de ‘Memórias de um sargento de milícias’, obra com que Paulinho venceu a disputa de samba-de-enredo na Portela, no Carnaval de 1966. O puxador Rixas, aclamado por sua poderosa voz de tenor e que foi intérprete da azul-e-branco de Oswaldo Cruz de 1995 a 1997, foi convidado para a empreitada. Entre os sambas executados estiveram clássicos como ‘Lendas e mistérios da Amazônia’ (1970), ‘Lapa em três tempos’ (1971), ‘Ilu Ayê (Terra da Vida)’ (1972), ‘Macunaíma’ (1975) e ‘Das maravilhas do mar, fez-se o esplendor de uma noite’ (1981). 


SERVIÇO
O quê: ENSAIO DO T IMONEIROS DA VIOLA
Quando: 15 de DEZEMBRO
Onde: Arena Carioca Fernando Torres (No Parque Madureira)
Hora: 22h

0 comentários:

Postar um comentário

Faça aqui o seu comentário.

Fale direto com a gente

Fale direto com a gente
Só clicar acima e você entrará direto no nosso whatsapp, seja bem-vindo.

Parceria TV G RIO

Parceria TV G RIO
O Mundo Online te vê aqui

Veja mais sobre o CARNAVAL

Veja mais sobre o CARNAVAL
Clique e venha descobrir esse mundo de sonhos numa coleção pra lá de especial.

G+ tambem estamos lá !

Reconhecimento e Engajamento - Será que existe ?

Samba Oficial Acad. Engenho da Rainha 2018

Por onde começo?

Já curtiu ?

Postagens Populares

Twitter