Estácio de Sá segue com oito sambas na disputa.

A vermelha e branca realiza mais um ensaio visando o próximo carnaval na próxima sexta-feira (28), a partir das 22h. Oito obras permanecem na disputa que definirá o hino que a Estácio de Sá levará para a passarela do samba em 2013. A novidade fica por conta da proibição de torcedores dos sambas concorrentes,  utilizarem adereços de mão como bandeiras, bolas ou cartazes contendo dizeres, trechos de letras de sambas, fotos ou desenhos. Confira as parcerias:

- Claudinho do Pagode, Gílio, Marcinho Poeta, Walmir do Cavaco e Ricardo Cabeça

- Jorge Lopa, China do Badalo, PC, Jeferson Alves, Vinicius Mozer, J. F. Lopa, Jaque Lopa e Bebeto Alcobaça

- Thiago Daniel, Claudinho Mattos, Eide Felipe, Eduardo Moreira, Guto Smuk e Claudinho Vagarezza

- Soneca e Jair Guedes

- Carlinhos Bohemia, Emanuel Sorriso, Mozarth Alzair, Jorge Xavier, Edson Marinho e Methanol

- Roberto Caetano, Benê Lessa, Ricardo Mello, Ted B. Marino, Djalma Jr e Aislan Loyola

- Pepê Niterói, Rodolfinho, Gustavinho Oliveira, Léo da Paysa, Aciolle e Rafael Tubino

- Igor Ferreira, Claudinho MS, JL Escafura, Tinga, Adriando Ganso, Tião e Fadico

Além dos sambas concorrentes a noite terá também a apresentação dos casais de mestre-sala e porta-bandeira Daniel e Alcione e Hugo e Roberta, passistas, baianas, integrantes da velha guarda e Leandro Santos, intérprete oficial, relembrando os sambas que marcaram época na escola sendo acompanhado pela Bateria Medalha de Ouro, regida por Mestre Chuvisco. A Estácio de Sá será a sexta a pisar forte no Sambódromo na sexta-feira de Carnaval, dia 08 de fevereiro, com o enredo “Rildo Hora: A ópera de um menino... No toque do realejo rege o seu destino!”, que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Jack Vasconcelos.

A quadra fica na Avenida Salvador de Sá, 206/208, no Estácio. A entrada custa 10 reais.

Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.