Dedé da Portela ganhará busto em Nova Iguaçu com evento e muito samba

“É cheiro de mato/ É terra molhada/ É Clara guerreira/ Lá vem trovoada”. Os versos fazem parte do samba-enredo Contos de Areia, da Portela, de 1984. Norival Reis e Dedé da Portela são os autores da composição, que até hoje é vista como uma obra-prima do Carnaval. Para eternizar o nome do sambista que incorporou o nome da escola ao seu, a entidade Trem Da Harmonia Destino Baixada irá homenagear no dia 30/09, às 16h, o compositor Dedé da Portela, que terá um busto colocado na praça que leva seu nome no conjunto Tertuliano Potyguara, Centro de Nova Iguaçu, próximo ao Instituto de Educação Santo Antonio (Iesa). Dedé começou sua carreira artística em 1962, na escola de samba Leão de Iguaçu. A prefeita Sheila Gama foi convidada para a inauguração.

Depois do desfile de 1994, quando a Portela entrou na avenida com o enredo Desde que o samba era samba (Capoeira, o samba vai levantar poeira/ tem zoeira em Oswaldo Cruz e Madureira), Dedé adoeceu e teve que se afastar dos desfiles. O compositor morreu em 18 de fevereiro de 2003, vítima de enfarte. Seu corpo foi velado na quadra da Leão de Iguaçu.

De acordo com o organizador do evento, Sérgio Manoel Amâncio, o Sérgio Cara Preta, um dos objetivos da colocação do busto é homenagear Dedé da Portela (cujo nome de batismo é Edson Fagundes), que é um dos expoentes do mundo do samba. Durante a festa serão realizados shows com grupos musicais de Nova Iguaçu como Panela de Barro e Samba da Casa Amarela, além da participação de integrantes da Portela. “Dedé foi um ativista e defensor da cultura de origem afro-brasileira. Nosso intuito é dar visibilidade ao legado deste filho iguaçuano que muito colaborou com a cultura”, disse Sérgio Cara Preta.

FONTE: PORTAL BAIXADA FÁCIL

Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.