Marcílio Diamante - de desenhista à primeiro. Mestre-Sala


RITMO: Como foi seu começo no mundo do samba?

Foi como desenhista. Nos anos 90 comecei a ter as primeiras noções de carnaval, na Mocidade Independente de Padre Miguel.

RITMO: Sabemos que você já passou por outras agremiações. Pode nos contar como foi essa trajetória?

No carnaval paulista atuei como desenhista em agremiações como a Tom Maior, Águia de Ouro, Império de Casa Verde, Mancha Verde, Peruche, Mocidade Alegre e agora Gaviões da Fiel.
Tambem como desenhista fiz alguns trabalhos para Brasilia, Vítória do Espírito Santo e Rio de Janeiro, sendo os últimos na Mocidade Independente de Padre Miguel. e Mangueira.

Em Manaus, como Mestre-Sala, sendo 1° da Flor de Magé, depois 1° da União de Jacarepaguá no Rio de Janeiro, em seguida 2º da Unidos da Tijuca, 1° da Imperatriz do Forte em Vitória (ES). 1° da Imperatriz Leopoldinense, 1° no Sereno de Campo Grande e fui Mestre de Cerimônia (apresentador de casal de MS e PB ) na Mocidade Independente e no Estado de Vitória.

RITMO: Como você chegou ao Império da Tijuca?
A convite do presidente Antonio Marcos Teles (TÊ) e da Porta-Bandeira Jaçanã, com quem tenho uma amizade de 10 anos.

RITMO: E ter a Jaçanã como sua Porta-Bandeira? Pois temos notado um excelente entrosamento em vocês, nos bailados que apresentam.
É um prazer, pois admiro a dança dela e sei que poderemos fazer um grande trabalho para 2012, e ainda teremos a assistência de Marcelo Malleti, contratado também pelo presidente para nos ajudar no aperfeiçoamento e que é bailarino e coreógrafo .

RITMO: Como você foi recebido pela comunidade?

Muito bem e ainda estou impressionado com o calor humano com que me receberam.
RITMO: Você certamente conhece a escolinha de Mestre Dionísio, de onde saíram grandes mestres-salas e porta-bandeiras, o que você acha dessa iniciativa e o que você diria para as crianças que estão começando?
Eu fui um dos alunos dessa escola e desejo que as crianças que lá estão possam um dia alcançar seus sonhos, assim como um dia eu realizei o meu.
RITMO: Quais suas expectativas para o desfile de 2012? Pois o Império da Tijuca surpreendeu em 2011 e virá com trabalho e força para o campeonato.
As notas máximas e o título para o Império da Tijuca, merecemos estar no grupo especial.
Recentemente o presidente Tê contratou Marcelo Malleti que será o responsável pelo aperfeiçoamento do casal, Marcílio Diamante e Jaçanã

Marcelo Malleti, na certeza de repetir o feito no carnaval da Imperatriz Leopoldinense, de ensaiar, coreografar e ganhar o título de o melhor e mais bem entrosado Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, e alcançar até hoje notas imbátiveis no quesito, agora está de novo a frente, do 1º Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira do Império da Tijuca.

Estão todos na maior alegria o sucesso é garantido.

Marcelo é bailarino e tem vasta experiência na área da dança como bailarino e professor, tendo integrado grandes companhias como bailarino do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e ser discípulo de nomes memoráveis do ballet clássico como Marcelo Coelho, Eugênia Feudorova, Denis Grei eTatiana Leskova, o que o credencia a realizar com presteza esse trabalho.

Por: LIA AMORELLI

Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.