Presidente da Liesa diz que vai tentar ajudar escolas atingidas com incêndio

Redação SRZD | Carnavalesco | 07/02/2011 08h44
Em entrevista ao "Bom Dia Brasil" nesta segunda-feira, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, afirmou estar atônito com o incêndio que atinge a Cidade do Samba nesta manhã. Segundo ele, os prejuízos são imensuráveis para as escolas atingidas: Portela, União da Ilha e Grande Rio e por isso vai ver como pode ajudá-las.

"Lamento muito, estou transtornado. Os barracões têm muito material inflamável, por isso que os bombeiros estão tendo tanta dificuldade. Não sei de onde começou o incêndio, mas temos toda estrutura de combate ao incêndio lá (na Cidade do Samba). Não tenho nenhuma notícia de pessoas que tenham ficado presas nos barracões. O prejuízo será apenas material".

Castanheira informou ainda que a Cidade do Samba funciona com 14 barracões, sendo que embaixo ficam as alegorias e em cima as fantasias. Tanto Portela, quanto Grande Rio e União da Ilha tinham grande parte de seu carnaval adiantado.

- São muitos recursos investidos pelas escolas e realmente a perda é sem tamanho, não tem como mensurar. Para cada escola o investimento é em torno de R$ 5, R$ 7 milhões, dependo do nível de patrocínio. O problema não é financeiro, é o tempo de se construir de novo. Estou atônito, pedindo a Deus que não tenha nenhuma vítima. Nós estamos bastante aflitos, pedindo que o incêndio seja controlado para que possamos reconstruir essa estrutura e tentar ajudar as escolas que foram atingidas - disse ao "Bom Dia Brasil".

FONTE: SRZD (Sideny Rezende) CARNAVALESCO

Nenhum comentário

Quer fazer um comentário?

Tecnologia do Blogger.